avaliação dialógica

Tipo de avaliação baseada nos ideais do educador brasileiro Paulo Freire e que não possui o caráter punitivo que caracteriza a avaliação numa concepção bancária e burocrática da escola. A avaliação dialógica, segundo o Instituto Paulo Freire, leva em conta que o funcionamento da escola democrática, a partir de uma estrutura colegiada, exige novas formas de avaliação. “Esta deverá ser necessariamente “dialógica”, tanto interna quanto externamente. Internamente, pois, se ela pode estabelecer seus objetivos é ela que deve avaliar se está, ou não, atingindo-os. Externamente, isto é, nas relações que mantém com a comunidade, com a Delegacia de Ensino e com a Secretaria de Educação. A avaliação dialógica é transdisciplinar, isto é, considera o desenvolvimento e a aprendizagem dos alunos na pluralidade integrada das disciplinas do currículo escolar como um todo”.


COMO CITAR ESSE CONTEÚDO:
MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete avaliação dialógica. Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <http://www.educabrasil.com.br/avaliacao-dialogica/>. Acesso em: 23 de out. 2018.

Ou

Verbete avaliação dialógica, por Ebenezer Takuno de Menezes, em Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <http://www.educabrasil.com.br/avaliacao-dialogica/>. Acesso em: 23 de out. 2018.

Deixe um comentário

Carregando...