CNCT (Cadastro Nacional de Cursos de Educação Profissional de Nível Técnico)

O CNTC, criado em 1999 pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e organizado pelo Ministério da Educação (MEC), é um conjunto planos de cursos de educação profissional de nível técnico elaborado para divulgação em âmbito nacional e que apresenta um quadro das áreas profissionais e as cargas horárias mínimas dos cursos.

A criação do cadastro faz parte das diretrizes curriculares para a educação profissional e permite que um aluno que comece a fazer um curso em determinada área possa concluí-lo em outra cidade ou mesmo em outro estado.

De acordo com o CNTC são as seguintes as áreas profissionais e cargas horárias mínimas: Agropecuária (1200), Artes (800), Comércio (800), Comunicação (800), Construção civil (1200), Design (800), Geomática (1000), Gestão (800), Imagem pessoal (800), Indústria (1200), Informática (1000), Lazer e desenvolvimento social (800), Meio ambiente (800), Mineração (1200), Química (1200), Recursos pesqueiros (1000), Saúde (1200), Telecomunicações (1200), Transportes (800), Turismo e hospitalidade (800).


COMO CITAR ESSE CONTEÚDO:
MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete CNCT (Cadastro Nacional de Cursos de Educação Profissional de Nível Técnico). Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <https://www.educabrasil.com.br/cnct-cadastro-nacional-de-cursos-de-educacao-profissional-de-nivel-tecnico/>. Acesso em: 26 de jun. 2019.

Ou

Verbete CNCT (Cadastro Nacional de Cursos de Educação Profissional de Nível Técnico), por Ebenezer Takuno de Menezes, em Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <https://www.educabrasil.com.br/cnct-cadastro-nacional-de-cursos-de-educacao-profissional-de-nivel-tecnico/>. Acesso em: 26 de jun. 2019.