Diretorias de ensino

Unidades da administração direta subordinadas à Secretaria da Educação de São Paulo, que substituíram a partir de 1999 as Delegacias de Ensino. A mudança foi baseada no princípio da descentralização dos sistemas de ensino e atribuiu às Diretorias de Ensino maior autonomia financeira e administrativa. A criação das Diretorias, concebidas portanto como instâncias descentralizadas do sistema, também teve como objetivo racionalizar a administração e o enxugamento da máquina central e regional da educação. Assim, com a justificativa de acabar com o desperdício de recursos humanos, físicos e promover a aplicação eficaz dos recursos financeiros, as 143 Delegacias de Ensino de São Paulo foram transformadas em 89 Diretorias de Ensino. Na reorganização da área de abrangência, as novas Diretorias de Ensino de São Paulo também passaram a contar com distribuição mais racional de escolas entre elas. Na Constituição Estadual paulista é o Decreto 43.948, de 09 de abril de 1999, que dispõe sobre a alteração da denominação e reorganização das Delegacias de Ensino da Secretaria da Educação. O nome de cada Diretoria de Ensino vem seguida da designação que melhor identifica a região que abrange.


COMO CITAR ESSE CONTEÚDO:
MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete Diretorias de ensino. Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <http://www.educabrasil.com.br/diretorias-de-ensino/>. Acesso em: 19 de fev. 2019.

Ou

Verbete Diretorias de ensino, por Ebenezer Takuno de Menezes, em Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <http://www.educabrasil.com.br/diretorias-de-ensino/>. Acesso em: 19 de fev. 2019.

Deixe um comentário

Carregando...