Por uma construção criativa do conhecimento

A pesquisa científica em diversas áreas do conhecimento deve ser conduzida por três grandes preocupações: a competência do pesquisador; o conhecimento como desafio de pesquisa; e a parceria com a informática. A primeira envolve atitudes que devem ser construídas gradativamente como a paciência, a persistência, a consciência de responsabilidade ética, social e política, a coragem para enfrentar desafios e vencer tabus tradicionais e, por fim, a humildade. A segunda preocupação, que concebe o conhecimento como desafio de pesquisa, diz respeito a uma postura ativa de busca do novo, considerando os estímulos do meio ambiente e as estruturas mentais já elaboradas pelo ser humano. E, por último, a atenção ao inegável avanço da informática e da internet que podem permitir recursos mais dinâmicos às diversas etapas do estudo.

Essa proposta é da doutora em Educação, Ilca Oliveira de Almeida Vianna, no livro Metodologia do trabalho científico: um enfoque didático da produção científica. Para ela, produzir cientificamente é “um processo de aprendizagem complexo, gradativo, contínuo, a partir do qual você constrói sua competência para mediar, teórica e praticamente, entre a realidade e as explicações plausíveis para o entendimento de suas relações, verdades e mudanças, sistematizando conhecimentos, propondo novas alternativas a problemas detectados e mesmo criando novas situações e procedimentos de intervenção”.

As orientações presentes no livro de Vianna podem auxiliar, além de pesquisadores, professores e outros profissionais interessados em ampliar a formação e, consequentemente, contribuir com a área em que atua. Segundo a autora, para entender o significado da pesquisa é necessário considerar as novas conquistas científicas sobre o conhecimento humano. Nesse sentido, conhecer não deve ser sinônimo de memorização das verdades prontas e acabadas. Ela entende o conhecimento em uma “realidade mais dinâmica e desafiadora”, que provoque interações e caminhe para raciocínios cada vez mais complexos e sutis. “O verdadeiro conhecimento não se consegue pronto, mas deve ser buscado, discutido, desequilibrado em suas certezas, para que novas verdades possam surgir a partir de raciocínios complexos e mais perfeitos”, explica.

O livro é bastante prático sem, no entanto, ignorar aspectos mais teóricos na orientação de uma pesquisa, desde a escolha do tema, passando pelos objetivos, a metodologia, até a finalização dos relatórios. No entanto, a autora adverte dizendo que não oferece “receitas prontas para serem reproduzidas”. Seu objetivo é registrar e discutir “ações científicas exemplificando-as a partir de textos de trabalhos de investigação já publicados e que podem servir como ponto de partida para o exercício da sua criatividade e autonomia científica”.

Livro: Metodologia do trabalho científico: um enfoque didático da produção científica
Autor(es): Autor: Ilca Oliveira de Almeida Vianna
Editora: E.P.U. Editora Pedagógica e Universitária
Páginas: 288


COMO CITAR ESSE CONTEÚDO:
MENEZES, Ebenezer Takuno de. Por uma construção criativa do conhecimento. Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2002. Disponível em: <http://www.educabrasil.com.br/por-uma-construcao-criativa-do-conhecimento/>. Acesso em: 28 de fev. 2017.

Deixe um comentário

Menu Title