robótica educacional

Termo utilizado para caracterizar ambientes de aprendizagem que reúnem materiais de sucata ou kits de montagem compostos por peças diversas, motores e sensores controláveis por computador e softwares que permitam programar de alguma forma o funcionamento dos modelos montados. Em ambientes de robótica educacional, os sujeitos constroem sistemas compostos por modelos e programas que os controlam para que eles funcionem de uma determinada forma.

Essa definição, segundo o Laboratório de Estudos Cognitivos (LEC) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, também vale para o termo “robótica pedagógica”.

O trabalho com a robótica educacional tem vários objetivos e metodologias, apontando, em geral, para que o aluno siga instruções e manuais ou crie e experimente a partir dos materiais específicos desse ambiente. Alguns objetivos para o trabalho com a robótica educacional podem se relacionar com as artes, a cibernética, o design, a física, a matemática, a motricidade e a vida artificial. Além disso, a elaboração de sistemas robotizados incentiva a reflexão sobre as implicações que os projetos podem gerar em âmbito social, cultural, político e ambiental.

Atualmente, há várias empresas que fabricam e comercializam kits de robótica educacional, com projetos e orientações para o uso dos materiais em sala de aula. São blocos, tijolos vazados, motores, polias, sensores, correias, engrenagens e eixos conectados ao computador através de uma interface, permitindo a montagem de sistemas que podem ser controlados por comandos de uma linguagem de programação.


COMO CITAR ESSE CONTEÚDO:
MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete robótica educacional. Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2015. Disponível em: <http://www.educabrasil.com.br/robotica-educacional/>. Acesso em: 25 de abr. 2017.

Comentários para robótica educacional

Deixe um comentário

Menu Title