Braille

Tipo de alfabeto utilizado universalmente na leitura e na escrita por pessoas cegas. Foi inventado na França por Louis Braille, um jovem cego, reconhecendo-se o ano de 1825 como o marco de uma importante conquista para a educação e integração dos deficientes visuais na sociedade.

O Sistema Braille é um sistema de leitura e escrita tátil que consta de seis pontos em relevo, dispostos em duas colunas de três pontos. A diferente disposição desses seis pontos permite a formação de 63 combinações ou símbolos braille. As dez primeiras letras do alfabeto, por exemplo, são formadas pelas diversas combinações possíveis dos quatro pontos superiores. O sistema Braille é empregado por extenso, isto é, escrevendo-se a palavra, letra por letra, ou de forma abreviada, adotando-se códigos especiais de abreviaturas para cada língua ou grupo lingüístico. Atualmente, novos recursos para a produção do Braille têm sido empregados, de acordo com os avanços tecnológicos, podendo utilizar os recursos dos computadores.


COMO CITAR ESSE CONTEÚDO:
MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete Braille. Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <https://www.educabrasil.com.br/braille/>. Acesso em: 13 de dez. 2019.

Ou

Verbete Braille, por Ebenezer Takuno de Menezes, em Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <https://www.educabrasil.com.br/braille/>. Acesso em: 13 de dez. 2019.