educação para todos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Expressão utilizada a partir da Conferência Mundial sobre Educação para Todos, conhecida também como Conferência de Jomtien, realizada na Tailândia, em 1990. O evento, que teve a participação dos principais organismos internacionais, como a UNESCO e a UNICEF, resultou na elaboração de um dos documentos mundialmente mais significativos em educação, lançados a partir de sua realização: a Declaração de Jomtien ou Declaração Mundial sobre Educação Para Todos. Esse documento dá seqüência a uma série de tratados internacionais, declarações e recomendações realizados desde o início do século XX para tornar realidade o direito à educação, estabelecido na Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948.

A ideia de “educação para todos”, assumida como um compromisso mundial no documento, propõe o estabelecimento de garantias à todas as pessoas de que tenham acesso aos conhecimentos básicos necessários a uma vida digna, condição insubstituível para o advento de uma sociedade mais humana e mais justa.

Os grandes princípios da educação para todos, segundo a UNESCO, são:

  • a educação é a arma mais eficaz contra a pobreza, pois nenhum país conseguiu a erradicação da pobreza sem a educação;
  • a educação de mulheres e meninas é um fator decisivo, independente de que o objetivo seja aumentar o número de pessoas alfabetizadas e o nível de vida, ou de diminuir as taxas de mortalidade e de crescimento demográfico;
  • o conceito de aprendizagem ao longo da vida substituiu a distinção tradicional que se estabelecia entre os anos passados na escola e a vida depois das aulas;
  • a aprendizagem é a chave para o desenvolvimento sustentável;
  • a educação deve chegar aos excluídos;
  • quanto melhor é o aprendizado melhor será a qualidade de vida;
  • o acesso e a qualidade da educação são determinantes para o seu êxito;
  • adaptação e flexibilidade são as novas habilidades necessárias para enfrentar um mundo em rápida mutação;
  • a educação deve sensibilizar para a defesa do meio ambiente, contribuindo para o melhor conhecimento dos direitos e deveres fundamentais e fomentar a maior participação na ação cívica.
COMO CITAR ESTE CONTEÚDO:
MENEZES, Ebenezer Takuno de. Verbete educação para todos. Dicionário Interativo da Educação Brasileira - EducaBrasil. São Paulo: Midiamix Editora, 2015. Disponível em <https://www.educabrasil.com.br/educacao-para-todos/>. Acesso em 22 jun 2021.

COMENTE ESTE VERBETE:

A redação receberá o link deste verbete e, numa futura atualização, seu comentário pode ou não ser considerado. Faça críticas ou elogie algum aspecto, ou colabore com algum link de artigo, imagem ou vídeo que possa ampliar a compreensão dos leitores.