Planate (Plano Nacional de Tecnologias Educacionais)

Projeto lançado em 1973 pelo Ministério da Educação, voltado para estratégias de gerenciamento e uso educacional das tecnologias da comunicação. O Planate teve origem no Programa Nacional de Telecomunincações (Prontel), ligado diretamente ao MEC, cuja finalidade era coordenar experiências e formular uma política nacional para o setor. Dessa forma, o Planate se constituiu num instrumento de integração e desenvolvimento de tecnologias educacionais, relacionadas com meios de comunicação como rádio, televisão, cinema, computador, ensino por correspondência e outros meios utilizados para todos os tipos, graus e áreas de ensino.


COMO CITAR ESSE CONTEÚDO:
MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete Planate (Plano Nacional de Tecnologias Educacionais). Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <https://www.educabrasil.com.br/planate-plano-nacional-de-tecnologias-educacionais/>. Acesso em: 21 de set. 2019.

Ou

Verbete Planate (Plano Nacional de Tecnologias Educacionais), por Ebenezer Takuno de Menezes, em Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <https://www.educabrasil.com.br/planate-plano-nacional-de-tecnologias-educacionais/>. Acesso em: 21 de set. 2019.