Informações sobre uma educação em constante transformação, quando a tecnologia enriquece e facilita a aprendizagem

Projeto usa animação no Youtube para ensinar sobre evolução humana

Além de trabalhar a divulgação da ciência, projeto quer aumentar a representatividade de protagonistas negros para que crianças e jovens brasileiros se identifiquem
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
Foto: Reprodução/LAAAE USP

.

Evolução para Todes é uma série de animações criadas para abordar assuntos científicos de maneira lúdica e divertida. A partir do ponto de vista de uma garotinha de sete anos, o primeiro episódio “De Onde Viemos?” apresenta conceitos como o método científico e os diferentes campos de estudo criados para investigar a origem humana. A segunda parte da animação trata do tema da Evolução Humana, desvendando alguns mitos sobre o passado do homo sapiens e contando curiosidades sobre a origem e migração da espécie pelos continentes.

O projeto é vinculado ao Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo e tem respaldo dos coordenadores do Laboratório de Arqueologia e Antropologia Ambiental e Evolutiva (LAAAE) – Rui Murrieta e André Strauss– e conta com apoio do Instituto Serrapilheira de fomento à pesquisa e à divulgação científica no Brasil. A série Evolução para Todes foi criada pelas  pós-graduandas Mariana Inglez, Lisiane Müller e Eliane Chim.

O destaque da animação é a utilização de elementos da cultura brasileira e a participação de protagonistas negros. “O projeto acredita na importância da representatividade para que crianças e jovens brasileiros, em especial meninas e crianças negras, acreditem que têm o potencial de serem o que quiserem, inclusive cientistas”, diz Mariana Inglez.

Na produção, há uma equipe multidisciplinar formada, além de cientistas, por profissionais de comunicação, marketing digital, design, programação, produção audiovisual, animação e educadoras em afro-alfabetização. O grupo desenvolve ações focadas em divulgar conhecimentos em arqueologia, bioantropologia e evolução humana com uma linguagem acessível e descontraída, a fim de despertar o interesse também do público leigo.

Criação multidisciplinar

Um dos pilares do Evolução para Todes é a integração entre cientistas do LAAAE e profissionais negros e mulheres no desenvolvimento das ações de divulgação científica. O projeto firmou parceria com a produtora Mundi, liderada por profissionais negros e com foco na produção de conteúdo com recorte de gênero e raça.

A gestão de comunicação do projeto, que inclui a formação da equipe criativa, é coordenada por Raul Perez, roteirista e sócio-diretor da Mundi, com assessoria em mídias sociais de Nathalia Henrique.

A equipe, integralmente liderada por profissionais negros, inclui ainda a produtora de animação Noiz Anima, formada por um coletivo de animadores baseados na Zona Leste de São Paulo, a designer Laís Oliveira, a webdesenvolvedora Karina Cárdenas e as especialistas em afro-alfabetização Juliana dos Santos, Priscila Fonseca e Teresa Abreu.

A série Evolução para Todes está disponível no YouTube: Canal do Evolução para Todes

Confira os dois primeiros episódios abaixo:

Episódio 1:

Episódio 2:

O público também pode conferir os lançamentos do Evolução para Todes nas redes do LAAAE:

Site: sites.usp.br/laaae

Instagram: @laaae_usp

Facebook: Página do LAAAE-USP

Twitter: @laaae_usp

Com informações da Mundi Produtora