Telecurso 2o grau

Método de ensino supletivo que abrangia da 1a à 3a série do ensino médio. Criado em 1978 pela Fundação Roberto Marinho, foi produzido em parceria com a TV Cultura e estreou em todo o país através de 39 emissoras comerciais e 9 TVs Educativas. O programa era voltado para pessoas com mais de 21 anos que pretendiam fazer os exames supletivos oficiais para obter certificado de conclusão do 2º grau. Depois, em 1981, a Fundação Roberto Marinho, em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e a Universidade de Brasília (UnB), lançou o Telecurso 1º grau, que abrangia da 5ª à 8ª série do ensino fundamental.

Sua denominação passou a ser Telecurso 2000 e, desde 1998, conta com a parceria do MEC para o projeto Telessalas 2000, desenvolvido com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O Telecurso 2000 é considerado o maior projeto de educação à distância em prática no Brasil. Ele utiliza fitas de vídeo e livros, sendo que cada capítulo dos livros apresenta e desenvolve o conteúdo de uma teleaula. Os livros e fitas de vídeo do Telecurso podem ser adquiridos em bancas de jornais e revistas, livrarias ou por telefone.


COMO CITAR ESSE CONTEÚDO:
MENEZES, Ebenezer Takuno de. Telecurso 2o grau. Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <https://www.educabrasil.com.br/telecurso-2o-grau/>. Acesso em: 09 de dez. 2019.

Ou

Telecurso 2o grau, por Ebenezer Takuno de Menezes, em Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <https://www.educabrasil.com.br/telecurso-2o-grau/>. Acesso em: 09 de dez. 2019.