universidade aberta à terceira idade

Denominação oficial do programa com cursos de atualização oferecido pelas universidades à população mais idosa, também chamado universidade da terceira idade, faculdade livre da idade adulta ou universidade da maturidade. A faixa etária dos alunos vai de 40 a 80 anos e ao longo dos cursos não há provas nem trabalhos obrigatórios. Os preços e a periodicidade dos cursos variam muito segundo a instituição, mas, em geral, as aulas acontecem de duas a três vezes por semana no período da tarde. Para ingressar numa dessas universidades não é preciso prestar vestibular nem apresentar diploma de primeiro ou segundo grau.

O modelo da universidade aberta à terceira idade foi criada pelo psicopedagogo Pierre Vellas, na Universidade de Toulouse (França), nos anos 70. São cursos de atualização cultural que duram de dois a três anos, em que são ministradas disciplinas como história, economia, política, além de orientações na área de saúde e algumas atividades socioculturais. No Brasil, a Universidade Aberta à Terceira Idade da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas, criada em 1991, foi a entidade pioneira em cursos do gênero. Depois, foi criada a Associação das Universidades Abertas à Terceira Idade do Estado de São Paulo (Alfati). (Fonte: Karina Klinger, da Folha de São Paulo)


COMO CITAR ESSE CONTEÚDO:
MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete universidade aberta à terceira idade. Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <https://www.educabrasil.com.br/universidade-aberta-a-terceira-idade/>. Acesso em: 06 de dez. 2019.

Ou

Verbete universidade aberta à terceira idade, por Ebenezer Takuno de Menezes, em Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <https://www.educabrasil.com.br/universidade-aberta-a-terceira-idade/>. Acesso em: 06 de dez. 2019.